Os Stakeholders e o papel das Cooperativas urbanas na construção de cidades sustentáveis

Maria da Glória COLUCCI, Paulo Ricardo OPUSZKA

Resumo


RESUMO

O exame da sustentabilidade corporativa estruturou-se no texto em três pontos cardiais de natureza ética, a saber, solidariedade, dignidade da pessoa e valorização do trabalho. Deixou-se evidenciar que os greenjobs representam o futuro do mercado de trabalho, em um modelo de gestão sustentável, direcionada para o respeito aos bens naturais e econômicos de uma comunidade, preservando a multiculturalidade. Uma economia verde, de baixo carbono, requer educação e trabalho com qualidade, em defesa da saúde e do futuro das cidades que surgirão. As cidades sustentáveis deverão oferecer as melhores condições de mobilidade, acesso e lazer; mediante ação integrada com os stakeholders - cuja diversidade e presença em todos os segmentos socioeconômicos e políticos de uma sociedade fortalecem os laços das comunidades. Ao interagir com as estruturas de poder existentes; em síntese dialética, em que o amanhã dialoga com o ontem e o hoje; as cooperativas urbanas se integram ao modelo de sustentabilidade requerido pela nova sociedade do século XXI: participativa, proativa e consciente. Por outro lado, a ilustração do impasse se dá pela realidade dos cooperados populares, em trabalho que transforma-se em ação social em busca de reconhecimento e acesso à cidadania.

PALAVRAS CHAVE: Cooperativismo popular. Cidadania sustentável. Protagonismo social.

 

ABSTRACT

Examination of corporate sustainability was structured in the text in three cardinal points of ethics, namely, solidarity , dignity and appreciation of the work. Allowed to show that greenjobs represent the future of the labor market , in a model of sustainable management , directed to respect the natural and economic assets of a community , preserving multiculturalism . A green economy , low carbon , requires education and quality job , to protect the health and future of cities that will emerge . Sustainable cities should offer the best conditions for mobility , access and recreation ; through integrated action with stakeholders - whose diversity and presence in all socioeconomic and political segments of society strengthen the bonds of community . When interacting with existing power structures , in dialectical synthesis , in which the dialogue tomorrow with yesterday and today ; urban cooperatives to integrate sustainability model required by the new society of the XXI century : participatory , proactive and aware. Moreover , the illustration of the impasse is by the popular reality cooperated in that work becomes social action for recognition and access to citizenship.

KEYWORDS: Popular Cooperatives. Sustainable citizenship. Social leadership.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

Revista Jurídica e-ISSN: 2316-753X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.