SEGURANÇA MÁXIMA, REPRESÁLIA MÁXIMA: A TRANSFERÊNCIA DE PRESOS DA CÚPULA DO PCC

Lucas Martins Miranda CHELALA, Caio Augusto Souza LARA

Resumo


RESUMO
A pesquisa que ora se apresenta consiste na avaliação, sob perspectiva sociológica, das últimas transferências de presos na cúpula do Primeiro Comando Capital. Estas ações resultaram em diversas consequências para a sociedade brasileira. O problema objeto da investigação científica proposta é: as transferências realizadas deram bons frutos e devem ser continuamente aplicadas em casos futuros? Com o escrutínio das reflexões preliminares sobre o tema, é possível afirmar aprioristicamente que as transferências foram “medidas de pronto-socorro” que provam a necessidade de repensar o modelo de segurança pública e de Justiça que vem sendo implementado nas últimas décadas. Como objetivo geral, analisa-se o caráter equivocado de tratamento do Estado na realização de transferências, refletindo um falacioso pretexto em que seus resultados perduram por pouco tempo. A pesquisa que se propõe pertence à vertente metodológica jurídico-sociológica. [...]

PALAVRAS-CHAVE: Transferência de presos; Primeiro Comando Capital; Direito Processual Penal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.