OBJECTIVE GOOD FAITH: ITS INTERPRETATION FOR THE JUDICIAL POWER AND THE IMPLICATIONS OF BLOCKING CONTRACT BEHAVIOUR

Miguel Kfouri NETO, Paulo Sergio DUBENA

Resumo


ABSTRACT

Knowing the role of the other in the established legal relationship, its implementation will be guided predictability, with a sense of security firms, this article aims to focus on the objective good faith and especially the contradictory behavior that needs a stabilization agreements and social relations. Seeking to demonstrate that the contract and the dividend relations as a whole, rather than the firmness of "pacta sunt servanda" need the commitment of the parties not to act reckless and fickle than ever practiced. Thus, the sense of security to both sides, will be full, reaching the goal yearned for autonomy of contractual will.

KEYWORDS: Good Faith Aims; Judicial power; Lock Contract Behavior; Autonomy of the Will.

RESUMO

Sabendo do papel do outro na relação jurídica estabelecida, a sua realização será guiado previsibilidade, com senso de empresas de segurança, o presente artigo tem por finalidade concentrar-se na boa-fé objetiva e especialmente no comportamento contraditório que necessita de uma estabilização de contratos e relações sociais. Buscando demonstrar que o contrato e as relações de dividendos como um todo, ao invés de a firmeza de "pacta sunt servanda" precisam do empenhamento das partes de não agir de forma imprudente e inconstante do que nunca praticou. Assim, a sensação de segurança, de ambos os lados, vai estar cheio, atingindo a meta que ansiava por autonomia da vontade contratual.

PALAVRAS-CHAVE: Boa Fé Objetiva; Poder Judiciário; Bloqueio do Comportamento do Contrato; Autonomia da Vontade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais

Revista Jurídica e-ISSN: 2316-753X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.