Possibilidades de ressocialização e evolução social: a valorização do trabalho do preso e acesso a posições proprietárias.

Francisco Cardozo OLIVEIRA, Osni de Jesus Taborda RIBAS

Resumo


RESUMO

O artigo sustenta a viabilidade do paradigma de ressocialização do preso pelo trabalho, na realidade brasileira, no contexto em que ganham relevo fundamentos de uma penalidade comprometida apenas com a funcionalidade e a eficiência do sistema de justiça criminal. Afirma-se que a reintegração do preso na vida social exige preservar o valor do trabalho e o acesso a posições proprietárias como forma de alcançar um patamar de reconhecimento que não se esgota na pessoa do egresso do sistema penitenciário, mas que atinge todas as pessoas em sociedade que, em razão da precarização do trabalho, característica da economia neoliberal permaneçam sujeitas à exclusão.

Palavras-chave: ressocialização – preso – trabalho – propriedade.

 

ABSTRACT

The article supports the viability of the paradigm of the prisoner rehabilitation through work in the Brazilian reality, the context in which it becomes important foundations of a penalty committed only with the functionality and efficiency of the criminal justice system. It is said that the prisoner's reintegration into social life requires preserving the value of labor and access to proprietary positions in order to achieve a level of recognition that does not end in the person of the egress of the prison system, but it affects everyone in society that, because of the precariousness of work, characteristic of the neoliberal economy remain subject to exclusion.

Keywords: rehabilitation - prisoner - work - property.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Jurídica e-ISSN: 2316-753X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.