CONDIÇÕES, PROCESSO E EXPERIÊNCIA DO ENCARCERAMENTO FEMININO: UMA PESQUISA DE CAMPO NA PENITENCIÁRIA FEMININA DO PARANÁ

Mariana Coelho CANTÚ, Leandro Ayres FRANÇA

Resumo


RESUMO

O presente artigo é resultado de uma pesquisa de campo sobre as condições, o processo e a experiência do encarceramento, na Penitenciária Feminina do Paraná, localizada no município de Piraquara. A dinâmica geral da “casa” foi analisada por meio de pesquisa básica, qualitativa, exploratória e descritiva. As conclusões indicam que, ainda que o cárcere gere consequências negativas nas apenadas, alguns fatores, como uma boa gestão prisional e a ausência de superlotação, podem contribuir para minimizar esses efeitos e proporcionar uma punição legalmente adequada. A partir de um paralelo sobre exercício da punição de homens e mulheres, a pesquisa também evidenciou que as apenadas não podem, de forma alguma, receber o mesmo tratamento dispensado ao homem encarcerado, considerando suas particularidades de comportamento, gênero, sentimentos, personalidade e sexo.

PALAVRAS-CHAVE: Pena, Execução, Penitenciária, Regime fechado, Mulheres.

 

ABSTRACT

This paper results from a fieldwork on the incarceration’s conditions, process and experience at the Penitenciária Feminina do Paraná, located at the county of Piraquara (PR, Brazil). The general dynamics of the “house” was analyzed through a basic, qualitative, exploratory and descriptive research. Our conclusions suggest that, although prison produces negative consequences for the inmates, a few elements, such as a good prison administration and the absence of overcrowding, may contribute to minimize these effects and to provide a legally appropriate punishment. Drawing a parallel between the exercise of punishment of male and female prisoners, this investigation also evidenced that it’s not possible to render to convicted women the treatment provided to imprisoned men, considering women’s behavior, gender, feelings, personality and sex particularities.

KEYWORDS: Penalty; Execution; Penitentiary; Closed Regime; Women.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Revista Jurídica e-ISSN: 2316-753X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.