O CONFLITO DE DELIMITAÇÃO DE FRONTEIRAS MARÍTIMAS ENTRE PERU E CHILE: UM OLHAR À LUZ DA GEOPOLÍTICA E DO DIREITO INTERNACIONAL

Ane Elise Brandalise Gonçalves

Resumo


O presente artigo tem como propósito estudar o conflito de delimitação de fronteiras marítimas entre Peru versus Chile, especialmente constatado a partir da análise da Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar (doravante denominada UNCLOS) e do teor da recente decisão tomada pela Corte Internacional de Justiça acerca dessa disputa. O problema do artigo, pois, é desvendar o conflito existente entre Peru e Chile, com ênfase na análise geopolítica e na análise jurídica. A hipótese é a de que as lições já centenárias do teórico Alfred Mahan, aliadas com o uso do Direito Internacional Marítimo, ganham destaque no embate entre Chile e Peru, demonstrando a importância do Poder Marítimo. Com efeito, o Poder Marítimo é essencial na estratégia dos Estados, os quais, devido a variados motivos (econômicos, menos dependência com os países vizinhos, entre outros), sempre buscam uma saída para o mar. Para tanto, é preciso estar em consonância com as normas do Direito Internacional Marítimo, sendo que em havendo disputas decidirá a Corte Internacional de Justiça sobre o assunto. A metodologia é indutiva, realizada como uma análise de conjuntura com fundamentação alicerçada na principal obra de Mahan e na UNCLOS e correlata decisão da Corte Internacional de Justiça.

 


Referências


ANSA Brasil. Governo peruano comemora decisão sobre fronteira. Disponível em: . Acesso em: 20 out 2014.

BAHTEN, Gustavo Luiz Von. Etapas finais do conflito de delimitação da fronteira marítima Chile‐Peru perante Governo peruano comemora decisão sobre fronteira a Corte Internacional de Justiça, Conjuntura Global, Curitiba, Vol. 2, n.1, jan./mar., 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 set 2014.

CONGRESO NACIONAL DEL PERÚ. Lei 28.621 – Lei de linha de base do domínio marítimo do Peru. Disponível em: . Acesso em: 22 set 2014.

CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA. Contentious cases: Maritime Dispute (Peru v. Chile). Disponível em: . Acesso em: 20 set 2014.

GOUVÊA, Carina. Chile, Peru e Bolívia: a questão do acesso soberano ao mar, resquícios da Guerra do Pacífico – encontrando soluções. Publicado em Fev de 2014. Disponível em: . Acesso em: 21 out 2014.

GLOBALVOICES, Peru e Chile aguardam decisão do Tribunal de Haia sobre disputa de fronteira marítima. Disponível em: . Acesso em: 21 set 2014.

ICTSD, International Centre for Trade and Sustainable Development. El pez espada enfrenta a Chile y la UE. Notícia de 24 de junho de 2000. Disponível em: Acesso em: 20 set 2014.

INTERNATIONAL COURT OF JUSTICE. Maritime Dispute (Peru v. Chile). 2014.

KOSELLECK, Reinhart. Futuro pasado: para uma semántica de los tiempos Históricos. Barcelona: 1993

MAHAN, Alfred Thayer. The Influence of Sea Power Upon History (1660-1783), 1890. Disponível em: . Acesso em: 20 set 2014.

MATTOS, Adherbal Meira. A Convenção de Montego Bay: Prós e Contras. Revista da Escola de Guerra Naval, Rio de Janeiro, v.18 n. 2 p. jul/dez 2012.

ÑANDUTÍ. La Haya decidió: Nuevo mapa del mar peruano. Disponível em: . Acesso em: 20 jan 2015.

OLIVEIRA, Inaê Siqueira de; ZANELLA, Cristine Koehler. A América Latina leva seus mares à Haia: a disputa marítima entre Peru e Chile e a decisão do CIJ. Publicado em Abril de 2014. Disponível em: . Acesso em: 21 de out.

REBOITA, Michele Simões ; GAN, Manoel Alonso ; ROCHA, Rosmeri Porfírio da ; AMBRIZZI, T. . Regimes de Precipitação na América do Sul: Uma Revisão Bibliográfica. Revista Brasileira de Meteorologia (Impresso), v. 25, p. 185-204, 2010.

SANTAROSA, Felipe Costi. Rivalidade e Integração nas Relações Chileno-Peruanas: Implicações para a política externa brasileira na América do Sul. Fundação Alexandre d Gusmão (FUNAG). Brasília, 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 de out.

SANTOS, Luís Cláudio Villafañe G. O império e as repúblicas do Pacífico: as relações do Brasil com Chile, Bolívia, Peru, Equador e Colômbia (1822-1889) Curitiba: Editora UFPR, 2002.

SEVERO, LW. A importância geopolítica da Bolívia e a integração da América do Sul. In OLIVEIRA, RP., NOGUEIRA, SG., and MELO, FR., orgs. América Andina: integração regional, segurança e outros olhares. Campina Grande: EDUEPB, 2012, pp. 137-159.

SOUZA, Herbert. Como se faz análise de conjuntura. 11ª ed. Petrópolis: Vozes, 1991.

TRINDADE, Antônio Augusto Cançado. Os Tribunais Internacionais Contemporâneos. 2013. Disponível em: Acesso em: 20 out 2014.

UNCLOS - UNITED Nations Convention on the Law of the Seas. Montego Bay, 10 December 1982. Disponível em: . Acesso em: 21 set 2014.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .