O processo de socialização organizacional como estratégia de integração indivíduo e organização

Andressa Hennig SILVA, Maria Ivete Trevisan FOSSA

Resumo


RESUMO

O presente estudo aborda a questão das estratégias de socialização dos colaboradores recém admitidos nas organizações. Assim sendo, procurou-se conhecer o programa da organização objeto de estudo, pautando-se nas opiniões das pessoas envolvidas no processo. Como objetivo essencial, este trabalho propõe-se a analisar a eficácia do processo de aculturação dos novos colaboradores à realidade da organização. O método de pesquisa empreendido diz respeito a um estudo de caso único, realizado em uma organização industrial de origem familiar. As principais fontes de coleta de dados foram entrevistas semi-estruturadas, observação ativa dos pesquisadores, bem como consulta de documentos institucionais, manuais e materiais distribuídos durante o programa de socialização organizacional. Para a análise dos dados, empreendeu-se a técnica de análise de conteúdo proposta por Bardin (1977). Dentre os principais resultados, identificou-se que existe preocupação, por parte da empresa, com a aculturação do novo colaborador, a organização está interessada em fornecer o maior número de informações, pois acredita que, quanto mais bem instruído e acolhido, melhor este indivíduo desenvolverá as suas funções e se empenhará quanto ao cumprimento dos objetivos que lhe forem propostos pela organização, assim como este contato inicial irá influenciar o decorrer da trajetória do indivíduo na organização.

Palavras-chave: socialização organizacional; estratégias de socialização; estudo de caso.

 

ABSTRACT

This study includes the issue of socialization strategies of newly admitted employees in organizations. Therefore, we tried to meet the organization's program object of study, basing on the opinions of people involved in. As a key objective, this paper proposes to examine the effectiveness of the process of acculturation of new employees to the reality of the organization. The method of research undertaken with respect to a single case study, conducted in an industrial organization of family origin. The main sources of data collection were semi-structured interviews, participant observation of the researchers, as well as institutional access to documents, manuals and materials distributed during the program of organizational socialization. For data analysis, undertook the technique of content analysis proposed by Bardin (1977). Among the main results, we identified that there is concern on the part of the company, with the new employee acculturation, in other words , the company is interested in providing the most information from the initial contact with the company of newbies, as it believes that the more welcomed and instructed, this guy better carry out its functions and will work in meeting the goals that will be proposed by the organization.

Key-words: organizational socialization​​; socialization strategies; case study.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21902/AdminRev.2316-7548.v1i20.713

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Administração de Empresas em Revista, e-ISSN: 2316-7548

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.