Terrorismo na era da Internet: O uso de Redes Sociais pelo Estado Islâmico

Thiago Sette Câmara

Resumo


O presente artigo pretende analisar as estratégias desenvolvidas pelo Estado Islâmico para recrutar combatentes estrangeiros e difundir propaganda terrorista através da internet, sobretudo por meio de redes sociais. Desta maneira o artigo foi dividido em duas partes. A primeira parte do artigo trata do papel da comunicação e do uso da internet e das redes sociais por organizações terroristas, destacando principalmente as potencialidades do uso de da internet e de ferramentas tecnológicas para divulgação de materiais de propaganda, captação de recursos e recrutamento de combatentes. A segunda parte do artigo procura analisar a forma como o Estado Islâmico tem utilizado a internet e diferentes redes sociais para divulgar sua propaganda e recrutar novos combatentes. Por fim, a conclusão do trabalho apresenta algumas considerações sobre o uso das redes sociais pelo Estado Islâmico, refletindo principalmente sobre a importância da internet para o grupo alcançar seus objetivos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .