Ascensão e queda do império soviético na África: 1950-1991

Moisés Wagner FRANCISCOM

Resumo


RESUMO

Várias novas nações africanos (como todas as ex-colônias portuguesas) tornaram-se durante algum tempo, notadamente entre as décadas de 60 e 90, países socialistas ou de orientação socialista. Foram vários os fatores que contribuíram para que uma significativa área anteriormente controlada por potências ocidentais migrassem para a esfera soviética. Os mais importantes foram os benefícios mútuos que soviéticos e as novas lideranças africanas percebiam em uma aproximação econômica e política. A presença soviética se encerrou quando esses mesmos interesses deixaram de convergir. O presente trabalho procura analisar essa presença contrapondo especialistas com visões fortemente divergentes, em especial Hobsbawm e Brzezinski.

Palavras-chave: Geopolítica, África, União Soviética.

 

 

ABSTRACT

 

Several new African nations (how all former Portuguese colonies) became for some time,

notably between the 60’s and 90’s, socialist countries and countries of socialist orientation.

There were several factors that contributed to a significant area previously controlled by

Western powers to migrate to the Soviet sphere. The most important were the mutual

benefits that Soviet and the new African leadership perceived in a approach in economic

and political. The Soviet presence ended when those interests no longer converge. This

paper seeks to analyze this presence opposing experts with strongly divergent views,

especially Hobsbawm and Brzezinski.

 

Keywords: Geopolitics, Africa, Soviet Union.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.